Poder Legislativo de Getúlio Vargas realiza primeira Sessão Ordinária de 2018

por Bruna Salvador publicado 08/02/2018 17h10, última modificação 08/02/2018 17h13
Na pauta estavam três projetos, sendo um Projeto de Lei do Executivo Municipal, uma Indicação da vereadora Deliane A. Ponzi e uma Moção do vereador Vilmar A. Soccol

 

A primeira Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de 2018, sob a presidência do Vereador Aquiles Pessoa da Silva, foi realizada na quinta-feira, 1 de fevereiro. Depois do recesso parlamentar do mês de janeiro, a pauta da Sessão contou com três projetos, tendo sido um Projeto de Lei do Executivo Municipal, uma Indicação e uma Moção, todos aprovados por unanimidade.

 

Executivo Municipal

O Projeto de Lei n.º 001/18, autoriza o Poder Executivo Municipal a firmar convênio com o Hospital São Roque, referente ao programa PSF - Programa de Saúde da Família, visando à prestação de atendimento na área da saúde preventiva aos munícipes.


Indicação

A Indicação n.º 001/18, de autoria da vereadora Deliane Assunção Ponzi, solicitou que seja encaminhada, com a maior brevidade possível, uma correspondência ao Presidente do DAER, a fim de que sejam instalados redutores de velocidade na ERS 475, acesso de Getúlio Vargas a Floriano Peixoto, trecho do bairro São Cristóvão. Em sua fala a Edil afirmou que o assunto é recorrente na Comunidade. “Há placas de redução de velocidade, mas a gente sempre se volta a falar na questão da educação, principalmente no trânsito, porque a maioria dos moradores queixam-se que a grande parte dos motoristas não respeitam essas placas de redução de velocidade”.

DSC_4238.JPG

Deliane lembrou, que no início de 2017, em visita a Porto Alegre, foi protocolada, junto ao presidente do DAER, Rogério Uberti, um pedido da Bancada do Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, para que fosse feito um estudo e instalado redutores de velocidade no local. Um engenheiro esteve no local. “O trecho está em obras, então talvez seja o momento de solicitar que sejam instalados tachões, ou algo que facilite a mobilidade dos moradores no local, ao saírem das suas casas, o trânsito de pedestres [...]”.

 

A indicação foi aprovada por unanimidade e contou com o apoio dos demais vereadores da Casa.


Moção

A Moção n.º 001/18, foi protocolada e é de autoria vereador Vilmar Antonio Soccol, onde o Edil solicita que seja manifestado pesar pelo falecimento do Dr. Glauber Serafini. O Ofício será encaminhado à família.

DSC_4249.JPG

Em um momento de muita comoção, com a presença dos familiares, os vereadores manifestaram pesar pela grande perda, contando como cada um o conhecia e o admirava. Soccol, autor da proposta, iniciou sua fala pedindo que todos os vereadores da Casa assinassem o documento. “Na verdade ficamos sentidos em ter que fazer este tipo de homenagem, porque nós perdemos um colega, profissional. Quando se perde alguém que é importante para a comunidade, importante para região. Porque a manifestação aqui, dos colegas e alunos, a gente viu a importância desse cidadão”. Soccol parabenizou os Pais, Milton e Odete, pela criação do filho e completou dizendo que “Glauber partiu precocemente, mas deixa um grande legado”.

Glauber faleceu na noite do dia 11 de janeiro, aos 44 anos, Hospital de Caridade de Erechim. Atualmente atuava como professor de Direito da URI Erechim. Natural de Getúlio Vargas, Glauber se formou em Direito pela Universidade de Passo Fundo em 1996. Era mestre em Direito – Direito e Multiculturalismo, especializado em Direito Civil com Ênfase no Novo Código, e professor das disciplinas de Direito Penal e Direito Processual Penal e Estágio de Prática Jurídica na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI – Campus Erechim, onde lecionava desde 2005. Foi eleito vereador em Getúlio Vargas em 1996.

A moção foi aprovada por unanimidade.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.